Diablo II: Resurrected é anunciado para PC e consoles

A Blizzard anunciou nesta sexta-feira, 19, durante a BlizzConline, o retorno de Diablo II com Diablo II: Resurrected. Esta será a remasterização definitiva do título, considerado um dos melhores RPGs de todos os tempos, que também contará com a atualização da expansão Lord of Destruction. O remake atualiza o jogo clássico em 2D para uma completa renderização 3D baseada em física, iluminação dinâmica, animações e efeitos reformados e resolução de até 4K. Os vídeos clássicos do jogo também foram completamente refeitos com precisão, e a trilha sonora agora terá suporte a som surround Dolby 7.1. Confira o trailer de anúncio!

O que muda em Diablo II: Resurrected?

Apesar da remasterização completa, os jogadores poderão alternar entre os gráficos modernos e os originais com apenas um clique. Além disso, a experiência de jogabilidade em Diablo II: Resurrected permanece a mesma do jogo original, com os sistemas de Diablo II intactos, adicionando apenas melhorias requisitadas como um baú compartilhado.

Diablo II: Resurrected conta com sete classes de personagem altamente personalizáveis para os jogadores escolherem: Amazona, Bárbaro, Necromante, Paladino e Maga do jogo principal e Assassina e Druida da expansão inclusa, Lord of Destruction. Os jogadores poderão personalizar cada personagem selecionando habilidades e talentos, criando e engastando itens, coletando conjuntos de equipamentos completos, adquirindo armas e armaduras exclusivas, montando combinações de palavras rúnicas e muito mais.

Os jogadores também poderão se inscrever para ter a chance de participar do teste alpha para PC. Para mais informações de como participar, visite o site oficial de Diablo.

Diablo II: Resurrected será lançado este ano para PC via Battle.net, Xbox Series X|S, Xbox One, PlayStation 5, PlayStation 4 e Nintendo Switch. O game conta com progressão multiplataforma entre os sistemas compatíveis e os jogadores poderão usar os personagens e manter todos os seus itens na plataforma que quiserem.

Flávia Rodrigues

    A publicidade a escolheu, mas ela não escolheu a publicidade. Preferiu os jogos, principalmente aqueles que enchem os olhos e divertem por horas a fio. Gosta muito de piadinhas que ninguém entende e é uma das poucas donas de um PS Vita no Brasil, de acordo com as próprias estatísticas. Atualmente joga no que as pessoas ao seu redor chamam de "PC da NASA" mas nenhum foguete foi lançado do seu quintal até o momento.